terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

# amor # casal

5 verdades inesperadas sobre sexo - VEJA

5 verdades inesperadas sobre sexo - VEJA

O sexo é frequentemente associado a benefícios e riscos à saúde. Há consequências distintas conectadas à relação sexual, seja em aspectos positivo, como o fortalecimento do corpo humano sob diversos âmbitos, ou negativos, como as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) ou relacionadas a práticas excessivas.

Com isso, vários mitos relacionados ao sexo se popularizaram ao longo dos séculos. O senso comum e a cultura popular implementaram alguns pensamentos associados à relação sexual no imaginário social, a ponto de algumas mentiras serem tomadas como verdades e vice-versa. Abaixo, com o auxílio de apurações feitas pelo WhatCulture, foram selecionados cinco verdades inusitadas sobre o sexo.

 1) Sexo pode te deixar cego 

É algo muito raro, mas o sexo pode, sim, te deixar cego. Há alguns casos de pessoas que perderam a visão, ainda que temporariamente, em função da relação sexual. O transtorno se chama cegueira monocular transitória (ou amaurose fugaz) e pode ocorrer por uma série de fatores, que, entre eles, está o sexo. Trata-se de um sintoma de doença da artéria carótida. Não se sabe, exatamente, a relação entre a doença e o sexo. A explicação mais provável é um problema no fornecimento de sangue para o globo ocular, devido à pressão arterial elevada (o que é compreensível, dadas as circunstâncias). 

2) Homens podem ficar com testículos azulados 

Apesar de ser uma brincadeira comum entre muitas pessoas, o conceito de “bolas azuis” é real. Homens podem ficar com os testículos azulados se ficarem excitados com frequência, mas não ejacularem. Caso o rapaz esteja em um período de excitação sexual prolongada, sem liberação de fluidos, ele pode sentir dores na região peniana. O motivo é a concentração sanguínea, causada por vasoconstrição. A condição pode ser resolvida com ejaculação, seja em uma relação sexual, seja com masturbação. Há, porém, outra solução, que não envolve orgasmo: exercícios físicos, especificamente relacionados a levantamento de peso, podem fazer com que o sangue vá para outras partes do corpo. 

3) Exercícios físicos podem oferecer orgasmos 

Uma quantidade razoável de mulheres entrevistadas para um estudo conseguiu obter orgasmo com um exercício físico. O fenômeno se chama “coregasm” e ainda é investigado por cientistas. Isso acontece durante exercícios que envolvam a região do abdome feminino, como fazer abdominais, pular corda e levantar peso. Cerca de 40% das mulheres que responderam a uma pesquisa da University Of Indiana, nos Estados Unidos, afirmaram ter tido algum orgasmo durante a prática de exercícios físicos. A causa ainda não está clara para os cientistas. Segundo pesquisadores, há relação entre o orgasmo e a condição do corpo durante o exercício, como a aceleração do sistema nervoso e do ritmo cardíaco. Há quem entenda, ainda, o orgasmo feminino como algo inerente ao sexo – basta aprender a ligar a mente à genitália. 

4) É possível engravidar de novo enquanto se está grávida 

Parece confuso, mas é isso mesmo: cientistas descobriram que é possível uma mulher ficar grávida de um bebê, mesmo quando já se está esperando por outro. Trata-se de uma condição bastante rara. Na década de 1960, uma mulher deu à luz dois bebês com cinco minutos de diferença. Eles foram identificados como gêmeos, mas testes ósseos mostraram que, na verdade, um dos bebês nasceu prematuro, com apenas sete meses de gestação. 

Outro caso, em 2009, nos Estados Unidos, apontou que uma mulher deu à luz um casal com duas semanas de diferença entre cada um deles. Uma variação do caso é o nascimento de “gêmeos” de diferentes pais, resultado de um processo chamado de “superfecundação”. Estimativas recentes apontam que, a cada 400 casos de gêmeos, um pode ser “bipaternal” – ou seja, os irmãos têm pais diferentes. 

5) Cerveja pode melhorar o desempenho sexual 

Alguns estudos científicos têm comprovado que a cerveja, se consumida com moderação, melhora o desempenho sexual. Para homens, em especial, ela pode reduzir a incidência da ejaculação precoce, por meio dos fitoestrógenos presentes na bebida, além de aliviar a tensão. Para ambos os sexos, a bebida pode, ainda, diminuir a chance de desenvolver doenças do coração, o que favorece a performance cardíaca. A cerveja escura, em especial, tem mais ferro e pode aumentar a circulação de células vermelhas no sangue, o que aumenta a excitação.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE

CONHEÇA MINHA LOJINHA⤵⤵

QUADRO DE POSTAGENS