DICAS DE BELEZA

SAÚDE, BELEZA E VIDA LONGA( conheça as dicas e orientações para viver mais e melhor)

16:36:00

DICAS DE SAÚDE




Por que grande parte dos regimes não funciona e o
que devemos saber para fazer uma boa dieta?
A obesidade é o acúmulo excessivo de gorduras no
organismo. A partir do momento que uma pessoa ultrapassa
a faixa de 10 a 15% do seu peso é considerada
obesa. Atualmente, um índice bastante utilizado para esta
avaliação é o IMC – Índice de Massa Corporal, que é calculado
dividindo-se o peso de uma pessoa pela sua altura
elevada ao quadrado, cujos resultados são os seguintes:
− IMCs entre 18,5 e 25 correspondem ao peso ideal da
pessoa;
− acima de 25 a pessoa está acima do peso;
− abaixo de 18 magra demais.
Hoje, a obesidade causa mais mortes que a aids, diabetes,
hipertensão e infarto.
A obesidade pode estar relacionada com diversas causas
como, por exemplo:
− alterações metabólicas: a pessoa nem sempre exagera
na alimentação, mas possui uma doença endócrina.
− alimentação incorreta: a pessoa, por ansiedade ou gula,
ingere alimentos não saudáveis. Essa alimentação é a responsável
por 80% dos casos de obesidade.
Inúmeras pessoas já tentaram emagrecer, escolhendo
um entre tantos tipos de regime que existem. O que po
demos perceber no cotidiano dessas pessoas é que quase
sempre esses regimes terminam em fracasso. Vários podem
ser os motivos da desistência, porém um dos principais é
a rigidez da dieta. As pessoas querem sempre perder peso
rápido e sem esforço. Porém, se esquecem de que viveram
anos e anos com hábitos alimentares incorretos, preparando
os alimentos de maneira errada, ingerindo-os sem
critério, sem nenhuma disciplina alimentar. Como será
possível, do dia para noite, eliminar o excesso de peso?
Sem dúvida, não é esse o caminho a seguir. Uma vez que
o processo de obesidade se desenvolve lentamente, para se
eliminar peso o processo é mais rápido, mas é necessário
agir com critério para se evitar uma agressão ao organismo.
Sendo assim, os resultados serão mantidos e não se correrá
o risco de perdê-los.
Os resultados definitivos existem na mesma proporção
das mudanças de hábitos definitivos. Quando uma pessoa
emagrece e depois ganha mais peso do que já havia
perdido, ocorre o chamado efeito “sanfona”, o que tem se
tornado uma rotina na vida das pessoas que fazem regimes
desequilibrados.
Uma boa dieta está associada à ingestão dos nutrientes
necessários ao dia-a-dia de uma pessoa, sem que ocorra
agressão ao seu organismo e sim uma perfeita combina-
ção de alimentos e de mudanças de hábitos alimentares.
Quando esta mudança é flexível, os resultados são mais
satisfatórios, com menor risco de uma compulsão alimentar
e uma maior facilidade na manutenção do peso.
A melhor dieta ainda é uma dieta equilibrada de
quantidades corretas de carboidratos, fibras, gorduras e
proteínas. Gostou das dicas?



Quer saber mais sobre saúde? clique aqui




Você poderá gostar também

0 comentários

COMENTE

publicidade

out-of-the-box